Paróquia São Francisco de Assis de São Francisco do Guaporé

O surgimento de São Francisco do Guaporé está ligado à abertura da BR 429, que liga o grande eixo Norte-Sul, BR 364 (São Paulo - Cuiabá - Porto Velho - Manaus) ao Vale do Guaporé, na cidade de Costa Marques.

O primeiro morador de São Francisco foi o Sr. Osvaldo Laizo, que se assentou em abril de 1985, abriu um pequeno bar e mercadinho em sua residência, para atender posseiros e viajantes.

Em novembro de 1985, o Pe. Damião Bernond celebrou a primeira missa em São Francisco. Começavam a chegar novos moradores.

Em outubro de 1987, na primeira festa do padroeiro, Dom Geraldo Verdier visitou a Comunidade e sé deu início à construção da Capela, que foi inaugurada no ano seguinte, na mesma data.

Em 1988, ano de eleição, a Assembléia Legislativa reconheceu o nome e a localidade de São Francisco do Guaporé, como distrito de Costa Marques.

Em 4 de abril de 93, Irmã Rosalina Zankowski começa a residir em São Francisco.

Em maio de 1994, Pe. Damião é encarregado de São Francisco, onde fica residindo. Em agosto do mesmo ano foi oficializada a Comunidade das Irmãzinhas, da Imaculada Conceição.

Em 1995, houve o plebiscito e a emancipação de São Francisco do Guaporé.

Em 2000, após a saída das Irmãnzinhas da Imaculada, vieram as Irmãs Missionárias de Jesus Crucificado. A Paróquia dirigida pelos Padres Claretianos, conta com 34 comunidades rurais e 11.085 habitantes em todo o município.