Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Colorado do Oeste

No início de 1978 a equipe fluvial do Guaporé, (Pe. Geraldo, Irmã Maria Emilia e Irmã Euza), foi informada, pelo Sr. Ildefonso e pela professora Nadir, em Felix de Lima, na foz do Cabixi, que existia um novo Patrimônio chamado "Km 21" (futuro Colorado do Oeste) dentro do território da Prelazia de G. Mirim. Dom Roberto, foi até Vilhena e recebeu confirmação do fato, pelo Pe. Ângelo Spadari, salesiano, que atendia justamente este novo Patrimônio.

Dom Roberto renunciando à administração da Diocese, a 8 de dezembro de 1978, e o Frei Luis dos Reis Pacheco T.O.R., vão até Colorado do Oeste e começam um trabalho de Evangelização e formação de lideranças.

Antes, porém, Dom Roberto decreta a ereção da Paróquia N. Sra. Aparecida, a ser realizada no dia 13 de maio de 1979, pelo Vigário Capitular eleito, Pe. Geraldo Verdier. O primeiro Pároco foi Frei Luiz Pacheco. Depois vieram: Pe. José Carlos Stefanello e Pe. Ládio Girardi, Palotinos.

Em 1979, chegaram as primeiras religiosas do Regional: Filhas de Maria Missionárias (Ir. Clara e Conceição), e em fevereiro de 1990 vieram as Irmãs de São José de Chambéry (Ir. Teresinha Godinho e Ir. Adelayde Furlanetto).

Em 1993 é criada a Região Episcopal Sul de Colorado do Oeste, com as Paróquias de Colorado do Oeste, Cerejeiras, Cabixi e Corumbiara e nomeado Mons. José Maria Pinheiro do clero de São Paulo, Vigário Episcopal.

Em 2.001, a Paróquia conta com 65 comunidades e 21.892 habitantes.