“Eu era estrangeiro e me acolhestes” (Mt 25,35)

Na reunião do Conselho Presbiteral realizada no dia 22 de março deste em Guajará-Mirim, refletimos sobre a situação atual da imigração venezuelana em Roraima, tendo presente a carta da presidência da CNBB – Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil, que ouviu Dom Antônio da Silva, bispo de Roraima sobre a dramática situação dos irmãos venezuelanos que ali aportam, fugindo da gravíssima situação de crise que assola o seu país.
“A Diocese de Roraima, o Regional Norte I, as entidades parceiras e outras Igrejas, naquela região, não reúnem as condições necessárias para atender, sozinhos a demanda por alimento, moradia, medicamento. Estão no extremo da preocupação e do esforço. Precisam de nós: dos regionais, das dioceses, das paróquias, das comunidades, das ordens e congregações religiosas, das pastorais e movimentos. Enfim, das forças vivas da nossa Igreja. Das pessoas de boa vontade” (Carta da CNBB).
Queremos, como diocese, manifestar a nossa acolhida e comunhão diante de tamanho apelo e decidimos participar com atenção vigilante e abrangente, realizando uma coleta em toda Diocese de Guajará – Mirim, tendo em vista este objetivo. A mesma foi agendada para o IV Domingo da Páscoa (22/04), festa do Bom Pastor. O nosso desejo é também o do próprio Jesus que é o pastor marcado pela compaixão porque dá a vida para que as pessoas a tenham em plenitude. Alegremo-nos o Cristo ressuscitado caminha a nossa frente, guiando-nos para a vida plena em Deus.

Dom Benedito Araújo
Bispo Diocesano de Guajará – Mirim

Follow us: