500 anos da Reforma: E agora?

A Reforma é uma ação que marca a primeira metade do século XVI em numerosas regiões da Europa; um tempo marcado pela militância de reformadores e movimentos centrados na ideia primordial de reformar a Igreja.

Com Martinho Lutero, a reforma atinge seu ápice, pois ele concebia a “reforma” como propriedade intrínseca da Igreja.

Ao longos destes 500 anos, a história é testemunha de que “reformar” é sempre uma necessidade que se impõe na história das nossas instituições, principalmente em busca de respostas aos desafios do tempo presente.

500 anos de Reforma: E agora? É um apelo para que juntos, com o rosto da Amazônia, possamos beber nesta fonte em vista de um compromisso batismal fiel as balizas do Evangelho.

Dom Benedito Araújo - Comissão Episcopal para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso - NO


Tags